Demo Slothttps://167.172.89.125/https://pesanantar.gramedia.com/demo-olympus/https://pustaka.dumaikota.go.id/inlislite/produks/sdemo/slot demohttps://heylink.me/mochibet88/mochibet88mochibet 88mpotenhksbetlaskar89laskar 89link ksoklubmporedkitabet138gbk76ksoklubhebitopmpoxompoxlcakar7688klub

Saiba como identificar os primeiros sintomas de problemas na próstata

Saiba quais são os primeiros sinais de que há problemas na próstata e como ter acompanhamento com especialistas em urologia.

Os problemas envolvendo a próstata podem se desenvolver em qualquer fase da vida, ainda que sejam mais comumente encontrados a partir dos 50 anos de idade.

E fundamental que a população masculina reconheça a hora de procurar urologista para checar os sintomas de problemas na próstata. A prevenção se inicia a partir dos 45 anos, quando há casos do câncer de próstata na família e parentes de primeiro grau e a partir dos 50 anos deve virar rotina.

Só assim será possível tratar adequadamente e ter mais chances de resolver a questão a partir de um diagnóstico certeiro e com um tratamento eficaz.

Quais são os primeiros sinais de que há problemas na próstata?

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), a previsão para 2019 era de que surgissem quase 70 mil novos casos de câncer de próstata.

Por outro lado, muito além do câncer, existem outras patologias que podem atingir a glândula e causar sérias consequências, físicas e mentais.

Acompanhe os primeiros sinais de cada um dos principais problemas de próstata:

Câncer de próstata

O câncer de próstata não costuma apresentar sintomas em seu estágio inicial, porém, se chega ao estágio avançado, pode mostrar alguns sinais, como:

  • Disfunção erétil;
  • Sangue ao urinar ou ejacular;
  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés;
  • Necessidade de urinar a toda hora;
  • Nictúria (micção em excesso no período da noite);
  • Dor no quadril, nas costas, nas coxas, nos ombros ou ossos;
  • Fluxo urinário fraco ou interrompido.

É importante salientar que esses sintomas podem ocorrer também pela presença de outras doenças. A necessidade frequente (ou urgente) de urinar é um sintoma muito comum de infecção urinária ou de hiperplasia prostática benigna (que será tratada mais a frente).

Ou seja, é fundamental procurar médico com especialização em urologia e informá-lo sobre esses sintomas para que seja feito o diagnóstico correto e a escolha do melhor tratamento.

Prostatite aguda

A prostatite aguda é caracterizada por uma inflamação na próstata, que pode aparecer repentinamente. Os sintomas mais comuns são dor na região genital (e pélvica), febre, tremores, dor na virilha, mal-estar, urina com cheiro forte e aspecto turvo.

Tais sintomas indicam a presença de infeção bacteriana, o que demanda uso de antibióticos, que deverão ser prescritos por urologista.

Prostatite crônica

A prostatite crônica é considerada uma extensão da aguda. Quando a infecção e os sintomas persistem e chegam a durar meses, o problema passa a ser considerado crônico, justamente por sua dificuldade em ser tratado (o que acontece, principalmente, com pacientes idosos).

Hiperplasia prostática benigna

A hiperplasia benigna da próstata é um problema considerado comum, sendo caracterizado por um aumento da próstata. O crescimento é benigno, causado pelo aumento do número de células da glândula.

Ainda que não seja um tipo de câncer, a saliência precisa de cuidados especiais. Entre os principais sintomas, é possível citar:

  • Dor ao urinar;
  • Fluxo urinário fraco;
  • Retenção de urina;
  • Necessidade frequente de urinar;
  • Necessidade de fazer mais força para urinar;
  • Micção excessiva no período da noite.

Tire suas dúvidas sobre problemas na próstata

É ideal buscar o auxilio de um profissional capacitado em urologia para tirar todas as dúvidas sobre os sintomas que acometem a próstata. Sempre procure um médico para receber o melhor tratamento e sanar o problema o quanto antes.